O Papel da Due Diligence nas empresas - Evolução Auditoria e Consultoria | Soluções exclusivas para seu negócio
10
abr

O Papel da Due Diligence nas empresas

Aposto que você já ouviu: prevenir é melhor que remediar. Com a Due Diligence, que em sua tradução significa diligência prévia, funciona assim.

No mundo corporativo, é comum que as empresas precisem avaliar a venda de negócios, ações e as reais chances de investimento. Todas essas ações são delicadas e envolvem um alto grau de risco. Neste momento, a Due Diligence é acionada.

Na análise de riscos o objetivo é minimizar futuros problemas. Para isso é preciso entender se, os números da empresa são realmente os números apresentados para a negociação. Esses números só podem ser identificados por meio das demonstrações financeiras da empresa e nos fluxos de caixa, base para a valorização.

Além do foco financeiro e econômico, a Due Diligence também avalia questões de ordem tributária, fiscal, trabalhista, jurídica, societária, imobiliária e de propriedade intelectual, tais como patente e registro de tecnologias. Todos, com o objetivo de investigar e avaliar os riscos e oportunidades de todas negociações.

É importante ressaltar que além da avaliação, a Due Diligence também deve encontrar soluções e sugerir melhorias que podem ser aplicadas em diversos setores de sua empresa.

Confira: 

  • financeiro
  • recursos humanos
  • contábil
  • produção
  • jurídico

Resumindo podemos afirmar que a Due Diligence é muito ampla e tem como objetivo respaldar a decisão do comprador, proporcionando uma visão completa sobre o negócio. Desta forma, o comprador poderá avaliar com cautela se o negócio é realmente importante para o seu investimento.

Contate hoje mesmo nossa equipe e conheça as soluções da Evolução para sua empresa.

Precisa de ajuda? Fale conosco!